TESTE HIDROSTÁTICO

A Norma Regulamentadora 13 (NR13) estipula que caldeiras e vasos de pressão precisam obrigatoriamente passar por teste hidrostático. A estipulação do teste está diretamente ligada à segurança. Uma vez que esse processo tem como finalidade verificar se há algum tipo de vazamento que possa comprometer os equipamentos.

Além das caldeiras e vasos de pressão, o teste hidrostático também é indicado para outros tipos de equipamentos nos quais exista a necessidade de identificar problemas internos ou questões de contaminação de fluído.

teste hidrostático é realizado por meio de pressão e utiliza água ou fluído não corrosivo. Sua aplicação ocorre diretamente em trocadores de calor para verificar a vedação de soldas, roscas, estruturas e flanges.

A aplicação do teste hidrostático está ligada à segurança tanto das operações quanto dos trabalhadores. Além disso, oferece diversos benefícios.

teste hidrostático possibilita a confirmação da ausência de vazamentos, também confirma o estado de integridade dos equipamentos para resistir às condições de operações normais e possibilita alívio das tensões de soldagem e por meio disso as estruturas testadas podem funcionar com mais flexibilidade.

O TESTE HIDROSTÁTICO NA REVISÃO NR13

Durante as reuniões da Comissão Tripartite (Governo, Empresas e Trabalhadores) foi definido que a execução do Teste Hidrostático nas inspeções periódicas não é mais requisito obrigatório da norma, sendo obrigatório apenas durante a fase de fabricação dos equipamentos. Na falta de comprovação documental de que o TH tenha sido realizado na fase de fabricação, se aplicará o disposto a seguir:

  1. para equipamentos fabricados ou importados a partir da vigência da revisão da NR-13, o TH deve ser feito durante a inspeção de segurança inicial;
  2. para equipamentos em operação antes da revisão da NR-13, a critério do Profissional Habilitado (PH), o TH deve ser realizado na próxima inspeção de segurança periódica.

AS RAZÕES PARA AS REVISÕES FORAM AS SEGUINTES:

  1. Segundo os “Códigos de Construção” reconhecidos internacionalmente, o TH foi concebido para ser aplicado em equipamentos novos ao final de sua construção;
  2. Os “Códigos de Inspeção” não recomendam o teste hidrostático como ferramenta para a verificação da integridade dos itens de retenção de pressão.
  3. O API STD 510 (Código de Inspeção) recomenda que o TH seja realizado após a execução de alterações e/ou reparos, porém a critério do PH.
  4. O National Board Inspection Code cita que um teste de pressão não fornece qualquer indicação sobre a vida residual ou a confiabilidade futura de um vaso de pressão. O teste de pressão, neste caso, só serve para determinar se o equipamento contém defeitos que não vão permitir que o item mantenha a pressão. Em certos casos, os testes de pressão de componentes em serviço pode reduzir sua vida útil, se causar deformação permanente no item.
  5. Uso indiscriminado (na prática) do teste hidrostático como única ferramenta de avaliação da integridade (houve caso em que um PH adotou uma pressão de teste de fabricação de um equipamento novo como padrão, e a aplicava em equipamentos similares e já deteriorados).
  6. Avanços tecnológicos (por ex.: técnicas de inspeções não intrusivas e Inspeção Baseada em Risco).

Vale ressaltar que a realização do Teste Hidrostático deixou de ser obrigatória (para os casos onde exista registro de execução), porém cabe ao PH avaliar individualmente cada caso para determinar sua necessidade de execução.

CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO DE TESTE HIDROSTÁTICO

teste hidrostático, para ser realizado com segurança e eficiência, exige equipamentos de qualidade e profissionais qualificados. Por isso, é muito comum que quando haja a necessidade de realização desse tipo de teste, uma empresa seja contratada.

Há no mercado diversas empresas que ofertam esse tipo de serviço. No entanto, no momento de contratação é importante que seja uma de confiança.

Para identificar uma boa prestadora de serviço verifique se essa possui alguns requisitos como: especialização na área, uma equipe de profissionais qualificados, com anos de experiência, também é importante que a empresa tenha anos de atuação no mercado, pois isso prova que é experiente no que faz.

A Tercal Engenharia conta com todos os requisitos para oferecer um teste hidrostático de eficiência. A empresa trabalha com equipamentos de alto padrão, desenvolvidos com tecnologia avançada, e conta com uma equipe com expertise. Todos os profissionais e métodos utilizados pela Tercal Engenharia são aprovados pela Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos (Abendi). Na Tercal Engenharia, a satisfação do cliente é garantida.

PARA SABER MAIS SOBRE TESTE HIDROSTÁTICO ENTRE EM CONTATO COM A NOSSA EQUIPE

Jéssica - Tercal
Siga-me