A Pressão Máxima de Trabalho Admissível (PMTA ou também conhecida como PMTP – Pressão Máxima de Trabalho Permissível) é o maior valor de pressão a que um equipamento pode ser submetido continuamente, de acordo com o código de projeto, a resistência dos materiais utilizados, as dimensões do equipamento e seus parâmetros operacionais.

calibração de válvula de segurança

 

VOCÊ SABIA?

As válvulas de segurança de caldeiras e vasos de pressão devem ter a pressão de abertura ajustada por meio da calibração de válvula de segurança em valor igual ou inferior a Pressão Máxima de Trabalho Admissível – PMTA, considerados os requisitos do código de projeto relativos a aberturas escalonadas e tolerâncias de calibração;

Resumindo, significa que a calibração e/ou o ajuste da pressão de abertura da válvula de segurança, está limitado ao valor da PMTA de cada um dos seus equipamentos.

o que é PMTA

 

calibração de válvulas de segurança é um procedimento essencial e exigido pela Norma Regulamentadora 13 (NR-13). Este método tem como objetivo avaliar a composição e a conservação de tubulações e vasos de pressão, além de outras instalações que trabalham com a pressão de fluidos diversos – como sistemas de caldeiras, compressores, reatores, entre outros. O processo diminui consideravelmente perigos estruturais em tais redes.

Através de uma bancada de calibração, as válvulas podem passar por testes que asseguram a qualidade e garantem o seu pleno funcionamento. É essencial contar com uma empresa especializada no segmento, que contenha a bancada com 1 tanque pulmão, 2 manômetros, 2 válvulas agulhas e esferas, além de um sistema digital. A pressão pode ser ajustada conforme necessidades, assim como verificação do POP da válvula e sua estanqueidade.

ATRIBUTOS DA CALIBRAÇÃO DE VÁLVULAS DE SEGURANÇA

 

A partir da calibração de válvulas de segurança é possível analisar o desempenho da rede, a fim de constatar vazamentos e aferir a pressão de abertura correta. Para isso, o procedimento é feito com a ajuda de uma bancada de exames e contempla um conjunto de fases para uma análise cirúrgica dos componentes. Tais etapas são administradas em um tempo regular em prol da manutenção dos ajustes na pressão de abertura.

 

calibração de válvulas de segurança

 

Assim, a calibração de válvulas de segurança é realizada periodicamente, aplicada de acordo com o tempo regulamentado pela NR-13. Esse espaço, descrito em anos, é designado conforme quatro classificações estipuladas pela norma. Então, a calibração de válvulas de segurança é dividida da seguinte maneira:

 

  • Classe A: válvulas que apresentam obstruções, incrustações e erosões profundas. Intervalo de um ano;
  • Classe B: componentes desgastados pelas substâncias. Ínterim de dois anos;
  • Classe C: peças em contato com elementos limpos, sem impregnações nem entupimentos. Interregno de quatro anos;
  • Classe D: instrumentos que comprovadamente necessitam de manutenção mais extensa que a da Classe C, mas no máximo de seis anos.

 

Com isso, a calibração de válvulas de segurança é feita regularmente nas indústrias químicas, termoelétricas, petroquímicas, refinarias e demais ramos com válvulas de segurança, concretizando proteção estrutural e eficiência produtiva nesses setores.

 

Leia também: CALIBRAÇÃO DE VALVULA DE SEGURANÇA NR13

 

Precisa calibrar a sua válvula de segurança, ligue para (12) 3958-1661 ou entre em contato através do nosso formulário.

 

Jéssica - Tercal
Siga-me
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *